Terreno | Sobral Monte Agraço Sobral Monte Agraço, Sobral de Monte Agraço

  • Terreno
  • 3.240 m2
Referência: NL2586
Venda 55.000 €
Terreno
Classe Energética

Descrição

O Terreno tem cerca de 1.785m2 inseridos em área Urbana Nível IV – Martim Afonso categoria de espaço urbano, área urbanizada mista, em zona consolidada, de acordo com os Artigos 9º e 10º do regulamento do P.D.M. A restante área está inserida em espaço agrícola, área agrícola da RAN, de acordo com o Artigo 27º do regulamento do P.D.M. e Portaria n.º 231/94, de 16 de Abril.

Os serviços de água, luz e esgotos passam à extrema da propriedade no caminho público.

De acordo com a alínea b) do n.º 1 do Artigo 10.º do regulamento do P.D.M., a zona consolidada corresponde a uma zona com estrutura bem caracterizada, onde é autorizada a construção nos espaços intersticiais ainda não preenchidos, com manutenção das características tipológica, número de pisos, arruamentos, cérceas e volumetria predominantes na referida zona, não constituindo precedência a existência pontual de edifício(s) com altura superior à envolvente construída.

O parâmetro a observar na urbanização desta área urbana são: 15 fogos/ ha, 0,30 para o índice de ocupação máximo (implantação), 0,60 para o índice de utilização máximo (construção) e o número máximo de pisos é de 3 (três). De acordo com o n.º 4 do Artigo 11.º do regulamento do P.D.M., o número de 3 (três) pisos no Nível IV só é admitido quando inclui cave e ou sótão.

Para uma área de 0,1785 ha (1.785m2) poderão ser edificados 2 (dois) fogos, a área de ocupação máxima é de 535,5m2 e a área de utilização máxima é de 1.071m2.

A área de cedência para espaços verde e de utilização colectiva, equipamentos de utilização colectiva e infra-estrutura viárias, deverão ser calculadas de acordo com o Artigo 57.º e 58.º do regulamento do P.D.M ..

Sobral de Monte Agraço é uma vila portuguesa no distrito de Lisboa, região Centro e sub-região do Oeste, com cerca de 2 900 habitantes.

É sede do pequeno município de Sobral de Monte Agraço com 52,10 km² de área e 10 156 habitantes (2011), subdividido em 3 freguesias. O município é limitado a norte pelo município de Torres Vedras, a nordeste por Alenquer, a este e sudeste por Arruda dos Vinhos e a sudoeste e oeste por Mafra.

O mais antigo documento que se conhece relativamente ao concelho de Sobral de Monte Agraço é datado de 1 de Outubro de 1186, sendo uma carta de doação do rei D. Sancho I ao bispo de Évora, D. Paio, do reguengo do Soveral. Logo se começou a desenvolver um agregado populacional neste reguengo, junto à Igreja de São Salvador e dos Passos.

A população mais importante começou a desenvolver-se no reguengo de Monte Agraço, na altura Montagraço, junto à Capela de São Salvador do Mundo, zona atualmente denominada de Cachimbos - Santo Quintino. Este aglomerado manteve-se até meados do século XVI, bem como os edifícios públicos, que só nessa altura foram deslocados para a zona onde atualmente se encontra a Vila de Sobral de Monte Agraço.

D. João I, em 1386, atribuiu “carta de privilégio” a este concelho, em recompensa do seu papel activo durante o cerco de Torres Vedras.

A vila de Sobral de Monte Agraço foi elevada a sede de Concelho em 1821. O Concelho foi extinto em 1832 e restaurado em 1836, passando a abranger, também, a freguesia de S. Quintino que até aí pertencia a Lisboa.

A 10 de Fevereiro de 1887 é decretada a transferência da sede do concelho de Arruda para Sobral de Monte Agraço.

Por Decreto de 13 de Janeiro de 1898 é restaurado o concelho do Sobral com a freguesia de Sapataria. Foi esta a última reforma do Concelho.

By Wikipédia


Características

  • Referência: NL2586
  • Preço: 55.000 €
  • Área do terreno: 3.240 m2
  • Certificado energético: N/A

Documentos

Geral
Infraestruturas  
A Efectuar
Tipo  
Agrícola
Zona
Acessos  
Terra Batida
Centralidade  
Periferia Cidade, Rural
Terreno
Solo  
Fértil
Declive  
Moderado

Localização

Contacto

Nuno LeiteLisboa, Lisboa